Phi na prática: comunicação nas redes sociais

setembro 6, 2017 By instituto-phi
Hoje começamos a série “Phi na prática”. Semanalmente vamos postar sobre algum processo do Phi – como administramos as redes sociais ou elaboramos o orçamento anual, por exemplo. A ideia aqui é compartilhar um pouco do que fazemos internamente, estimulando uma troca de práticas entre os projetos, que acreditamos ser ótima para o setor 🙂
 
Vamos ao tema do dia: comunicação nas redes sociais.
 
O Facebook e o Instagram são ferramentas muito importantes para tornar uma iniciativa conhecida e, no limite, captar recursos. Por serem gratuitos, ambos canais permitem, sem custos, que você esteja em contato permanente com o público.Ainda que elas não substituam formas presenciais de relacionamento, permitem uma escala insubstituível.
 
Engana-se, porém, quem pensa que basta colocar no ar uma página do Facebook ou do Instagram. O mais importante é que elas sejam bem exploradas, de forma a atrair atenção e interesse do público. Mas como explorar esses canais?
 
Esta foi uma pergunta que também nos fizemos – e nos fazemos! – inúmeras vezes. Parte das respostas às quais chegamos foi observando o que outras organizações já fazem. Segue um pouco do que adotamos:
 
No Facebook postamos uma vez por dia (no mááááximo duas)! Os usuários não gostam de ter uma única página lotando seu feed com várias postagens, por isso evitamos colocar mais de dois conteúdos diários. Por outro lado, ficar um longo tempo sem nenhuma novidade poderia passar a impressão de que a página está abandonada. 
 
Temos um cronograma que estabelece qual será o tema de cada dia da semana. Segunda, terça, quinta e sexta postamos sobre assuntos gerais. Normalmente são notícias, mas podem ser também séries que lançamos sazonalmente. Quarta é o único dia que reservamos para falar sobre nós mesmos. Já no sábado e no domingo, preferimos publicar imagens, um conteúdo mais leve. 
 
Esta linha editoral segue o princípio de priorizarmos as postagens sobre assuntos gerais ao invés de focarmos na gente e na nossa atividade diária. As pessoas entram no Facebook para relaxar e se informar sobre o que as interessa. É um incomodo quando são constantemente assediadas por marcas, mesmo que sejam de projetos sociais. Por isso que em apenas um dia da semana postamos conteúdo sobre a gente. Exceções ocorrem: quando temos um evento muito importante em uma segunda, por exemplo, substituímos a notícia que publicaríamos por uma postagem própria.
Todo nosso conteúdo é criado pela Inovatti Comunicação, que desde 2014 cuida das nossas postagens no Facebook de forma pro bono.
Uma última dica nesse item é sempre interagir com os internautas! Isso pode ser feito seja curtindo os comentários nas suas postagens ou respondendo rapidamente os inboxes.
 
Já o Instagram, é uma vitrine de imagens e vídeos que usamos para falar prioritariamente sobre o Phi. Compartilhamos fotos do nosso dia-a-dia e dos nossos parceiros – não deixando, entretanto, de postar sobre notícias e conteúdos que interessem ao nosso público. Por lá também seguimos a regra de 1 post por dia.
 
Essas são algumas ideias, mas não são fórmulas mágicas. Uma recomendação que vale para todo mundo é ser sensível e usar as redes da forma que melhor dialogue com seu projeto, sua causa e seu doador.